Notas de Produtos

Escrita Fiscal: Lançamentos


Esta é a Tela para Lançamentos de Notas de Produtos: Entradas e Saídas.

 

 

(Consulta de Notas Fiscais) - Ao clicar no ícone o sistema mostrará a tela de consulta de notas fiscais.

 

(Exclusão de Notas Fiscais) - Ao clicar no ícone o sistema abrirá a tela para Exclusão de Notas Fiscais, onde o usuário informa qual a numeração dos lançamentos a serem excluídos e o número do CFOP.

 

  Estes ícones servem para passar pelas notas fiscais já lançadas no sistema. Com os botões podemos selecionar a primeira nota fiscal, selecionar a nota anterior, selecionar a próxima nota fiscal e selecionar a última nota fiscal.

 

 (Inserir Dados) - Este ícone tem a função de inserir Produtos, Locais de trabalho e Centros de Custos nos lançamentos já realizados do sistema.

 

 (Atualização da Caixa Registradora) - Este ícone serve para lançamentos de Cupom Fiscal que utilizam as Caixas Registradoras. O usuário clica no ícone, informa o número do caixa a ser atualizado o período inicial e final (mês e ano) e clica no botão “Atualizar”.

 

 - Nesse ícone irá selecionar  a configuração de lançamentos criada anteriormente. 

 

Campos da Tela de Lançamento 

Movimento: Definir se será “Entradas” ou “Saídas”;

 

Modelo: Selecionar os modelos de documentos fiscais definidos pela legislação, como por exemplo: 55 Nota Fiscal Eletrônica, 57 Conhecimento de Transporte Eletrônico, dentre outros.

 

ECF: Informar “Sim” ou “Não” para o sistema liberar os campos para cupom fiscal ECF.

 

Produtos: Informar “Sim” ou “Não” para o sistema obrigar a inclusão de produtos no lançamento fiscal.

 

Lançamento: Não é necessário informar pois ao passar com o [Enter] sistema cria o número automaticamente do próximo lançamento disponível.

 

Data de Emissão: Informar a data de emissão dos documentos fiscais.

 

Data de Entrada/Saída: Informar a data de entrada/saída dos documentos fiscais.

 

Série/Subs: Informar a Série/Subsérie dos documentos fiscais.

 

Nota Fiscal Inicial/Final: Informar o número da nota fiscal inicial/final dos documentos fiscais. Ao digitar o número da nota inicial e passar com o [Enter] sistema já preencherá a nota final com a mesma numeração.

 

Situação: Informar a situação dos documentos fiscais, como por exemplo, regular, extemporâneo, denegado, complementar.

 

Data de Recolhimento Impostos Retidos: Informar a data para recolhimento de impostos retidos (Pis, Cofins, Csll, Irrf), caso não tenha retenções no lançamento, deixar o campo vazio.

 

Data de Recolhimento Icms ST: Informar a data de recolhimento para o Icms ST, caso não tenha esta informação, deixar campo em branco.

 

Condição: Informar a condição dos documentos fiscais selecionar entre: vista, prazo ou outros.

 

Emissão: Informar o tipo de emissão dos documentos fiscais selecionar entre: Terceiros (normalmente notas de entradas) ou Próprio (normalmente notas de saídas).

 

Descontos: Informar o valor total de desconto dos documentos fiscais, caso não tenha esta informação, deixar o campo vazio.

 

Valor da Nota: Informar o valor total do documento fiscal.

 

Cliente/Fornecedor: Informar o cliente/fornecedor do respectivo documento fiscal, caso não tenha o cadastro realizado no sistema, basta informar nesse campo o número do CPF ou CNPJ e pressionar o [Enter], que o sistema irá abrir uma tela para cadastro do cliente/fornecedor.

 

Dica: Caso não tenha o cliente/fornecedor cadastrado pode-se utilizar a importação pelo número do Cnpj (somente pessoas jurídicas).

 

CPF/CNPJ: Este campo é utilizado somente para notas fiscais modelo 02, na qual pode-se informar somente CPF/CNPJ do cliente/fornecedor sem mais dados cadastrais, para futura exportação para a Nota Fiscal Paulista do estado de SP (Registro Eletrônico de Documentos Fiscais – REDF).

 

Frete: Informar qual a modalidade do frete (responsável), CIF (remetente), FOB (destinatário), Terceiros, Sem frete.

 

Município Fato Gerador: Informar o município do fato gerador (Utilizado para casos de serviços de transporte intermunicipal/interestadual).

 

Chave da NFE: Informar os 44 dígitos da chave da NFE caso seja nota fiscal eletrônica.

 

Observações: Campo destinado as observações dos documentos fiscais.

 

Icms InterEstadual 

Através da Emenda Constitucional 87/2015 foi instituído, com vigência a partir de 2016, o “Diferencial de Alíquotas do ICMS a Consumidor Final não Contribuinte”.

Nas operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidor final, contribuinte ou não do imposto, localizado em outro Estado, adotar-se-á a alíquota interestadual e caberá ao Estado de localização do destinatário o imposto correspondente à diferença entre a alíquota interna do Estado destinatário e a alíquota interestadual.

 

 

 



Esta página foi útil?
Sua avaliação sobre este conteúdo é muito importante para nós.