FCONT

Contabilidade: Exportações


O Fcont ( Escrituração de Controle Fiscal Contábil de Transição) foi utilizado até o ano base de 2013, extinto a partir de 01/01/2014 substituído pelo ECF (Escrituração Contábil Fiscal). A geração no sistema é semelhante ao Sped Contábil, deve-se selecionar os campos de acordo com os dados da empresa e gerar o arquivo. Em seguida é necessário importar no validador da receita federal.

* Antes de iniciar a geração é importante verificar se o relacionamento das contas ja foram feitos. Porque em o devido relacionamento, o registro I051 não será gerado no arquivo texto e o arquivo não será validado pelo FCONT.

 

Para conferir se para a empresa informada há relacionamento, em Arquivos/Contas é possível emitir um relatório.

 

Procedimento Iniciais 

1) É importante verificar se no cadastro de empresas, aba contábil se esta informado o codigo do contador.  

2) A apuração de encerramento não é trimestral ou anual

3) A empresa informada não for matriz.

4) A empresa não for “Lucro Real” ou “Lucro Real Estimado”

 

 

Matriz e Filiais: se marcada, as informações serão geradas no arquivo texto, consolidadas com matriz / filiais

Período: campo obrigatório, composto por dia / mês.

Tipo: se a declaração é “Original” ou “Retificadora”. Ocampo Número do Recibo , com 41 posições alfanuméricas para informar o número do último recibo, somente fica disponível se marcada a opção Retificadora. Este dado será gravado no Registro M020 (vide leiaute da FCONT RFB).

Situação Especial: traz as seguintes opções “0-Abertura”, “1-Cisão”, 2-Fusão”, “3-Incorporação”, “4-Encerramento”. Se não houver enquadramento de nenhuma dos itens apresentados, pode-se deixar vazio.

 

- para selecionar onde o arquivo será gerado. 

 

 

 

 

 

 



Esta página foi útil?
Sua avaliação sobre este conteúdo é muito importante para nós.